Atualizações e tendênciasConfigurações e otimizaçõesDispositivos vestíveis (wearables)Futuro da tecnologiaInteligência artificialMachine learningNotíciasNotícias e atualizações de jogosPesquisas e descobertas recentes

Capacitação do ecossistema de parceiros: Como as empresas podem obter conectividade e resistência.

A IoT está se espalhando cada vez mais. Como resultado, as oportunidades para as empresas serem criativas e melhorarem sua operação são infinitas. Larry Socher, SVP of Strategy & Alliances da Eseye, analisa como as organizações podem usar serviços de conectividade seguros e confiáveis para suas propriedades de IoT.

A capacidade de produzir valor depende, primordialmente, das conexões estabelecidas com outras empresas no contexto da economia moderna. Consequentemente, a tomada de decisões estratégicas e relacionadas ao produto se tornou mais elaborada. Isso porque uma empresa é vista como parte de um ecossistema e ambiente econômico complexos, que influenciam e são influenciados por outros parceiros, fornecedores e organizações.

Na órbita de um ecossistema comercial, empresas trabalham juntas e entram em disputa para desenvolver e operacionalizar novas capacidades e inovações. Isso oferece a elas a oportunidade de criar novos produtos, atender às necessidades dos consumidores e incorporar sucessivos avanços tecnológicos.

A plataforma tecnológica geralmente fornece um meio para que esses ecossistemas funcionem, proporcionando a possibilidade de desenvolver produtos e serviços. Se as organizações desejarem a capacidade de promover interações entre usuários em um mercado de dois ou múltiplos lados, elas necessitam de uma estrutura de conectividade forte e confiável para apoiá-las, ao lado de uma parceria que possa habilitá-las.

Os fabricantes de modem têm uma responsabilidade significativa no desenvolvimento e na implementação de ecossistemas de IoT, assegurando que os dispositivos possam comunicar-se de forma eficaz, possibilitando a criação de novas aplicações e serviços. A conectividade sem fio é essencial para que os dispositivos IoT se comuniquem entre si, sendo os modems o componente-chave que possibilita esta comunicação.

Ainda assim, para configurar um ecossistema IoT ideal que permita que dispositivos habilitados para a web coletem e transmitam informações relacionadas a seus respectivos ambientes, eles devem estar aptos a se comunicar entre si de forma adequada. Isso necessita não somente de softwares e hardwares compatíveis, mas também protocolos de comunicação e formatos de dados normalizados.

Você vai gostar:   A Stratus Technologies oferece recursos relacionados ao bordo, e todos os sistemas de HMI e SCADA devem ter esses recursos.

Ainda assim, os fabricantes de modem possuem um amplo potencial além de criar produtos que propiciem conexão. São frequentemente solicitados para desenvolver e implementar redes IoT, atuando em estreita parceria com partes interessadas, como provedores de rede, fabricantes de equipamentos e programadores de software. Estes profissionais disponibilizam ferramentas e recursos para a criação de aplicativos que aproveitem dados de IoT, além de prestarem serviços de apoio para implantar e supervisionar dispositivos IoT no terreno.

Com a tecnologia de IoT embutida, as empresas não precisam se preocupar com as complexidades da conectividade do IoT, permitindo-lhes criar soluções que satisfaçam às necessidades dos clientes. Isso é particularmente vital nas indústrias de saúde, transporte e manufatura, onde a conectividade segura e confiável é essencial. Os benefícios são muitos e variados, como se verifica abaixo:

Os aparelhos de monitoramento de saúde IoT permitem que os profissionais de saúde acompanhem de longe as condições de seus pacientes, possibilitando reagir rapidamente a qualquer alteração. Contudo, para que essa monitorização seja eficaz, os dispositivos usados para monitorar os pacientes devem estar conectados à internet de maneira segura, confiável e sem o risco de desconexão.

A segurança de instalações e veículos é imprescindível para o setor de transporte. As companhias podem controlar seus automóveis e aprimorar seu rendimento total para diminuir despesas com serviços e reforçar a segurança. Porém, é vital que os sistemas de IoT estejam conectados sem riscos de falhas, mesmo nos casos em que os veículos estiverem em áreas remotas.

Usando a tecnologia da Internet das Coisas (IoT), as empresas podem aprimorar a eficiência e reduzir o tempo de indisponibilidade, o que aumenta a produtividade e a lucratividade. É fundamental, contudo, que a conexão seja confiável, principalmente em ambientes com muita interferência.

Você vai gostar:   A Radeon RX 7900 XT GRE 16 GB GPU de Safira Picturada tem o mesmo número de núcleos de processamento que o 7900 XT.

Certamente, há complexidade envolvida na incorporação de tecnologia de modem nos dispositivos, que é algo que não pode ser negado. Ao desenvolver soluções específicas para a IoT, é importante levar em conta os muitos fatores que influenciam o design. A colaboração entre fabricantes de modem e outros profissionais da área é essencial para garantir que as soluções sejam bem-sucedidas.

À medida que mais dispositivos se conectam à Internet, o risco de ataques cibernéticos é maior. Para proteger contra esses incidentes, grandes soluções precisam ser desenvolvidas, especialmente em áreas como saúde, onde as consequências de um ataque cibernético podem ser devastadoras. Mesmo assim, o grande potencial para integrar os ecossistemas do IoT nos dispositivos modem é enorme.

Logo, trabalho em conjunto é essencial para habilitar uma rede de parceiros, com uma variedade de fornecedores, criando um sistema abrangente que oferece benefícios aos usuários finais. Por exemplo:

  1. Fornecedores de soluções IoT: Oferecer serviços de extremo a extremo, incluindo componentes de hardware, software e conexão. A inclusão de Controles de Segurança (SC) em seus itens fornece uma camada extra de segurança para usuários finais, certificando a proteção de seus dados e equipamentos.
  2. Os fornecedores de componentes de hardware, como chips, sensores e módulos usados para dispositivos IoT, oferecem uma unidade de manutenção de estoque global (SKU). Isso torna mais fácil para os provedores de soluções de IoT usarem e gerarem seus componentes em diferentes geografias. Além disso, fornece uma política de seguro e um nível de proteção adicional aos clientes no caso de quaisquer defeitos ou danos nos componentes.
  3. Provedores de Software e Plataforma: Oferecer soluções de software e plataforma que se conectam a produtos IoT, oferecendo recursos adicionais, como análise de dados e segurança. Hyperscalers como o Amazon Web Services (AWS) e o Microsoft Azure oferecem abrangência mundial para hospedar plataformas e serviços de IoT. Os fornecedores de software de segurança proporcionam soluções que se ajustam aos dispositivos IoT, oferecendo segurança de ponta a ponta.
  4. Os Provedores de Rede fornecem soluções de conectividade que permitem que os dispositivos da Internet das Coisas se comuniquem entre si e com a nuvem. Aproveitando seu alcance mundial através de federações como a Federação Eseye AnyNet, eles proporcionam um acesso ideal entre diferentes geografias. Além disso, isso possibilita aos fornecedores de serviços IoT expandirem suas ofertas, atendendo a um mercado mais amplo ao fornecer acesso a dispositivos e aplicativos de parceiros federados.
  5. Integradores do Sistema Global (GSIs): Estes parceiros oferecem serviços de integração de extremidade a extremidade, além de oferecer experiência de conectividade para conectar diferentes componentes e sistemas para que eles possam trabalhar em harmonia. A conectividade global também é fornecida por esses parceiros, permitindo que os provedores de soluções IoT ofereçam seus serviços mundialmente.
Você vai gostar:   A Apple pode ter recebido uma grande quantia em dinheiro para escolher o Google como seu mecanismo de busca principal.

Em síntese, potencializar o ambiente IoT é necessário para aproveitar plenamente os dispositivos e serviços conectados. Ao usar a análise de dados, computação em nuvem e inteligência artificial, as companhias podem obter melhores informações sobre os interesses e desejos dos clientes, aumentando a eficiência operacional e diminuindo custos.

Ao trabalhar juntos com os membros de seus ecossistemas, as empresas podem desenvolver novas soluções inovadoras que aumentam o retorno de seus negócios e melhoram substancialmente a qualidade de vida. Alcançando um futuro mais próspero, sustentável e conectado, as organizações podem adotar uma abordagem estratégica e colaborativa para a Internet das Coisas.

Existe outro editorial em nosso site de irmão, Electronic Specifier! Você também pode se unir à conversa comentando abaixo ou visitando nossa página do LinkedIn.

Related Articles

Back to top button